Diz que me quer

Diz que me quer
Logo amanhã de novo
Fica comigo, mulher
Sem charme ou jogo
Aparece aqui agora
Mostra tua parte insensata
O mundo que se dane lá fora
Deixa tudo e me resgata
Leva-me e me esconde
Leva-me para longe
Leva-me embora

pela eternidade
E então me faça cruzar a ponte
Perder toda a minha sanidade
Torna-me louco por você
Que tudo seja sobre

o nosso prazer
Torna-me louco agora
Eu sei que pouco sei
Isso se distancia
de todos os sentidos
O evento desafia o nexo
Você pra mim é alegria
Talvez nem devesse ter acontecido
Como é que acabou em sexo?
E de repente ela gargalha
Eu me pego também sorrindo
A gente então se embaralha
E se pega caindo
Da cama
E a chama
Parece que vai durar
Insana
Inflama
Não posso me controlar
E a gente respira e se separa
E logo em seguida não para
Um toque
Um beijo
Qualquer coisa que a gente faz
É choque
É desejo
Com gosto de quero mais
Ela diz me domina
Some com a rima
Segue meu compasso
Sou tua sina
Divina
Preenche meus espaços
A sincronia anula
a chance de um erro crasso
Ela então me fita
verdejante
Suas poses eternizam cada
mero instante
Então se aproxima
E derrama seus olhos mágicos em mim
Abraça-me e apaga a luz
Esperta desliza outro gesto lesto
que facilmente me seduz
Até que os nossos
corpos se rendem, mas no seu abraço
sou obrigado a permanecer

Gestos cansados de quem
nunca mais quer se mexer
E outra vez a gente ri
Do que até me esqueci
No quarto até o amanhecer.

Publicado por

drpoesia

Escritor de hábitos relativamente saudáveis que gosta de escrever crônicas, poemas, contos e principalmente romances de ficção fantástica. Três livros prontos, porém, ainda sem publicação física. Trimestralmente faço o registro dos meus novos textos no Escritório dos Direitos Autorais. Tenho 27 anos de idade e sou formado em Direito. Creio no amor, embora o sinta meio ingrato neste ano. Só posso ser quem eu sou e é assim que vou continuar. Confio no mestre Leminski. "Isso de querer ser exatamente aquilo que a gente é ainda vai nos levar além". Se você continuou até aqui espero que conheça meu blog aqui na WordPress e que possa dar uma visitadinha nas minhas páginas de poesias no Instagram e no Facebook! Obrigado! Volte sempre!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s